Higienização de ambientes: como montar um roteiro na sua empresa

Para obter sucesso na higienização de ambientes, é preciso definir um plano. Veja mais!

Os processos de higienização de ambientes são fundamentais em empresas para garantir a boa conservação dos locais, eliminar as sujeiras e microrganismos. O que é ainda mais importante e deve ser reforçado em momentos de crise sanitária, como a atual pandemia do coronavírus, a fim de preservar a saúde e a segurança de todos os envolvidos com as rotinas empresariais.

Além disso, esses serviços ajudam a promover ambientes mais saudáveis e confortáveis para colaboradores e clientes. O que assegura maior bem-estar e satisfação aos funcionários, aumentando sua motivação e produtividade no trabalho, e transmite uma boa imagem junto aos parceiros de negócios.

Todos esses impactos positivos da higienização de ambientes podem ser sentidos em empresas de todos os portes e segmentos, sejam indústrias, hospitais, shoppings, prédios e condomínios comerciais, entre outros.

No entanto, para atingir todos esses benefícios, não adianta pegar os utensílios de limpeza e higienização, os produtos saneantes e os equipamentos de segurança e sair realizando os serviços em toda a organização. É preciso estruturar os processos e, para isso, é essencial criar um roteiro de higienização.

Então, neste conteúdo, vamos mostrar como desenvolver esse roteiro de forma adequada.

Passos para montar o roteiro de higienização de ambientes

Vale lembrar que o plano de limpeza pode variar de acordo com o segmento e o porte do negócio. Mas, mesmo assim, para estruturar o roteiro de higienização de empresas, é preciso levar em consideração alguns elementos chave. Veja quais são eles:

Periodicidade e ambientes

Os locais e áreas comuns das empresas devem passar por processos de limpeza e higienização diariamente. São eles: entrada, recepção, banheiros, escritórios, salas de reuniões, cozinha e restaurante corporativo, se houver. 

Já, semanalmente, deve ser feita uma higienização mais aprofundada, incluindo estantes, escadas, elevadores, corredores, máquinas, salas de armazenamento, estacionamento, portões, paredes e lugares altos de pouco acesso. 

Só não se esqueça de garantir um serviço mais frequente nos locais de alto contato, como maçanetas, interruptores, botões de elevador, corrimão, puxadores e registros de torneiras, para evitar a disseminação de vírus, como a Covid-19.

Outro ponto de atenção, principalmente para instituições hospitalares, diz respeito à criticidade dos ambientes. Afinal, há espaços, como salas de cirurgia e UTI, que exigem um processo mais cuidadoso de esterilização.

Leia também: Entenda a diferença de esterilização, limpeza e desinfecção de ambientes

Definição de responsáveis e de inspeções

Para que o roteiro seja cumprido à risca, com a periodicidade correta, as ferramentas adequadas, a aplicação dos produtos saneantes e a implementação dos procedimentos operacionais, é preciso que os gestores do setor designem os responsáveis por cada atividade.

Assim, os profissionais podem se preparar para executar os serviços com máxima eficiência, qualidade e de acordo com todos os requisitos. 

Além disso, é importante estabelecer o responsável pela fiscalização e a inspeção dos serviços, evitando erros e retrabalhos, garantindo a excelência das atividades e proporcionando ambientes confortáveis.

Elaboração de cronograma

Com os procedimentos conhecidos e a frequência de cada um deles determinada, a gestão precisa desenvolver um cronograma de execução. Uma possibilidade é desenhar um checklist com a lista das atividades por dia na empresa, com a data, o profissional, a fiscalização e um quadro para assinalar a conclusão do serviço.

Este passo aumenta o controle da execução dos processos e não deixa que nenhum serviço seja esquecido.

Saiba mais: 5 desafios na limpeza e desinfecção de ambientes

Capacitação da equipe

Para que os serviços de higienização de ambientes sejam feitos com qualidade, segurança e com os procedimentos corretos, as empresas devem realizar o treinamento, a capacitação e a atualização dos profissionais de forma constante. 

Assim, os colaboradores poderão saber as diferenças entre higienização, desinfecção e esterilização, qual a frequência ideal de limpeza e os produtos indicados, além dos EPIs adequados. Com isso, todas as sujeiras serão eliminadas corretamente.

Disponibilidade e estoque de materiais e utensílios

O roteiro de higienização deve contar também com a relação completa de materiais, utensílios e produtos necessários para os serviços. Assim, é possível garantir a disponibilidade imediata dos componentes, além de um estoque para assegurar a continuidade da atividade por um determinado período.

Compra de insumos em larga escala

Com o roteiro e o cronograma estabelecidos, é possível saber a necessidade dos insumos para os serviços. A partir daí, vale a pena considerar a compra de produtos e acessórios em larga escala para que os profissionais tenham todos os itens que precisam disponíveis e em bom estado, sem prejudicar a qualidade do serviço.

Atenção às normas de segurança

Na hora de criar o roteiro de higienização de ambientes, não se esqueça também de passar orientações para a equipe seguir as normas de segurança vigentes. Só assim, os locais de trabalho ficarão realmente limpos e sem microrganismos que podem causar doenças.

Leia também: Conheça erros na desinfecção de ambientes que não podem acontecer

Colaboração da equipe

Um item além do roteiro de serviços de limpeza, mas que pode contribuir e muito para a higienização em geral, é trabalhar a colaboração da equipe. Dessa forma, é possível incentivar bons hábitos, como por exemplo, não deixar copos sujos na mesa e descartar o lixo no local adequado, seja orgânico ou reciclável. Isso já ajuda a equipe responsável pela limpeza.

Terceirização de serviços

Por fim, para ter um roteiro elaborado perfeitamente e as atividades de higienização de ambientes executadas corretamente, conte com uma empresa especializada nesse tipo de serviço. Então, você não precisa mais se preocupar com essas ocupações e pode deixar os processos para quem tem experiência e conhecimento no assunto.

Neste sentido, é possível destacar uma série de vantagens da terceirização de serviços na higienização, como por exemplo:

  • Alta qualidade na prestação de serviços, gerando maior produtividade;
  • Atendimento e suporte personalizados, conforme suas demandas de serviço;
  • Redução de custos significativa, ao otimizar processos e evitar desperdícios;
  • Entre outros.

Conheça a Resolv

Precisa de ajuda para executar a higienização de ambientes na sua empresa? Conte com a melhor parceira para o seu negócio. A Resolv tem conhecimento, experiência, profissionais capacitados e credibilidade no mercado.

Atuamos há 2525 anos no mercado de Facilities, com higienização e desinfecção de ambientes, além de serviços de Segurança (proteção inteligente) e Alimentação (restaurantes corporativos). 

Nossos profissionais são treinados constantemente para promover a execução dos serviços com maior eficiência, qualidade e segurança. 

Estamos à disposição para desenvolver soluções especialmente para a realidade da sua empresa. Entre em contato com nossos especialistas agora mesmo!

5 desafios na limpeza e desinfecção de ambientes
A limpeza e desinfecção de ambientes não são tarefas simples e dependem de diversos fatores.
Saiba mais
EPI para higienização hospitalar: por que não deixar de usar?
Para a proteção dos colaboradores, o EPI para higienização hospitalar não deve ser deixado de lado.
Saiba mais
Passo a passo para planejar a segurança patrimonial hospitalar
Para colocar a segurança patrimonial hospitalar em prática, é preciso fazer um planejamento do setor
Saiba mais