Transporte de resíduos hospitalares: desafios e as melhores soluções

Como o transporte de resíduos hospitalares pode ser seguro e ainda contribuir com o meio ambiente?

A forma com que empresas e organizações fazem o transporte de resíduos hospitalares, pode ser constantemente repensada e aprimorada. 

Isso porque, no modelo atual, com altos níveis de descarte, muitas dessas empresas ainda têm dificuldades para lidar com o direcionamento desses resíduos, o que resulta em falhas e um grande desgaste para o nosso planeta.

Um movimento de mudança desse modelo é necessário e urgente. Os benefícios

de transformar essas estruturas vão além dos impactos ambientais: trazem também ganhos sociais e mais segurança a todos os envolvidos nas etapas do transporte.

Hoje vamos falar um pouco mais sobre medidas e melhorias no transporte de resíduos hospitalares, a fim de expandir visões e buscar alternativas para diminuir esses impactos no mundo.

Leia mais: 6 boas práticas de higiene e desinfecção industrial em usinas

Transporte de resíduos: o volume de lixo contaminado

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), nos últimos 50 anos, a quantidade de materiais para a produção mundial triplicou. Um relatório da Allonda mostra que, se nada for feito, esses números podem dobrar novamente até 2050. 

No cenário hospitalar, os dados também aumentam consideravelmente. Todos os anos, hospitais, clínicas e laboratórios produzem cerca de 253 mil toneladas de resíduos hospitalares e, desde 2020, com a chegada do vírus da Covid-19, o volume desses materiais vem alcançando dimensões ainda maiores.

Grande parte desses materiais contaminados não são direcionados da maneira correta, o que gera um grande impacto negativo para o meio ambiente e para pessoas envolvidas nos processos, uma vez que, podem entrar em contato com partículas de vírus, bactérias e outros agentes contaminantes, e se infectar.

No entanto, existem algumas soluções que podem ser tomadas para evitar o desenvolvimento desse problema. Vamos falar um pouco mais sobre elas.

Descarte adequado de resíduos

O descarte do lixo hospitalar precisa ser feito de maneira adequada, uma vez que pode conter medicamentos controlados e insumos contaminados por vírus, bactérias e outros microorganismos. 

Em primeiro lugar, esse descarte precisa ser feito em sacos plásticos, resistentes a rupturas ou vazamentos. Posteriormente, uma empresa especializada no transporte de resíduos, coleta esses materiais e os encaminha para tratamento adequado.

Esse tratamento pode ser por meio de incineração (queimados em altas temperaturas) ou esterilização. Em algumas situações, esses resíduos também podem ser aterrados ou entrarem em processos de radiação.

Vale ressaltar que medicamentos impróprios para uso devem ser devolvidos aos fabricantes. Já os materiais radioativos, devem ser descartados conforme regras da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).

Destinos sustentáveis

O descarte ou transporte incorreto do lixo hospitalar pode trazer grandes riscos de contaminação para o solo e água, o que contribui para uma maior poluição ambiental, destruição de vegetações e a degradação do nosso planeta. 

Além de contaminar a natureza, o lixo hospitalar também pode trazer sérios danos para seres humanos. Como citado acima, pessoas que tiverem contato com resíduos hospitalares podem ser contaminadas e desenvolver doenças. 

Sendo assim, o transporte de resíduos hospitalares merece muita atenção. Muitas organizações já possuem medidas de sustentabilidade e afirmam que o seu transporte de resíduos tem fins estratégicos, ou seja, seus resíduos não são descartados sem um destino sustentável, com planejamento e acompanhamento.

Transporte de resíduos hospitalares feito por uma empresa especializada

O transporte correto de resíduos hospitalares pode salvar o planeta. Porém, muitas empresas ainda se sentem inseguras no que diz respeito a processos de transporte de resíduos e não sabem realizar a destinação correta dos insumos. 

Por isso, é importante que essas organizações contem com a ajuda de uma empresa especializada, que faça o transporte correto dos resíduos e ajude a manter a saúde ambiental e segurança de todas as pessoas envolvidas nos processos.

Leia mais: Higiene e limpeza industrial: como funciona e sua importância para o consumidor

A Resolv pode te ajudar!

Fazer um transporte de resíduos hospitalares da maneira correta é fundamental. Sabendo disso, é possível contar com parcerias estratégicas, que permitam aos gestores terceirizar esses serviços e focar no core business.

Nesse sentido, é indispensável o apoio de marcas consolidadas no mercado, como a Resolv. Com mais de 25 anos de experiência, a Resolv é especializada no setor de facilities e oferece soluções personalizadas, com projetos customizados e que cabem dentro do orçamento de cada empresa.

Quer saber mais sobre como podemos ajudar a sua empresa? Entre em contato conosco ainda hoje e tire suas dúvidas!

Etapas para uma higienização hospitalar eficiente
A higienização hospitalar deve ser bem planejada e executada, para que não ocorram contaminações.
Saiba mais
Controle de infecção hospitalar: como evitar a proliferação de doenças?
É importante que hospitais façam um controle de infecção hospitalar.
Saiba mais
Como fazer uma gestão da qualidade hospitalar corretamente?
Para oferecer o melhor serviço aos pacientes é necessário contar com medidas adequadas.
Saiba mais